Como lidar com melhoria dos processos no dia a dia

Para melhorar um processo, é necessário mais do que vontade, é necessário saber lidar com melhoria. Existe formas de abordagem exemplo: Qual a melhor pergunta para melhorar um processo:

  • O que podemos fazer para melhorar?
  • O que precisamos fazer para melhorar o processo?

A primeira pergunta resulta em tentativas e erros. Nos leva a uma lista de ações, e abordagem de atirar para todos os lados.

A segunda pergunta é a pergunta mais difícil de ser respondida, é focada na melhoria.

Abordagem da lista de ações, resposta da primeira pergunta, gera uma tendência de partir para as contra medidas antes de entender e compreender a situação.

A geração de uma lista de ações e a implementação de várias contra medidas, muitas vezes simultaneamente, refletem um objetivo não mencionado de, essencialmente, “se livrar do problema!”. As pessoas são recompensadas por solucionar um problema, por apagar incêndio, e não para analisá-lo, mesmo que este problema possa voltar a ocorrer mais tarde por não ter sido suficientemente compreendido.

O objetivo na melhoria dos processos é aprender, desenvolver uma compreensão ainda mais profunda do processo de trabalho e aperfeiçoar esse processo a partir da base.

Quando você lança várias contra medidas num processo, às vezes o problema vai até embora. Isto acontece com uma certa frequência, motivo se dar devido à atenção extra que o processo recebeu naquele momento, não foi porque as causas foram descobertas e eliminadas. Algum tempo depois o mesmo problema retorna, bem depois da celebração do sucesso da melhoria.

Para todos os envolvidos, a abordagem de lista de ações, proporciona uma maneira de se sentir comprometido na atividade de melhoria, sem ter que alterar muito a sua rotina de trabalho.

A abordagem de lista de ações, também proporciona um modo de evitar o recebimento de culpa. Podemos dizer: “Eu completei meus itens de ação no prazo”, e assim cumprir as nossas obrigações, sem ter necessariamente que gerar uma melhoria no processo.

O objetivo passa a ser o de executar os itens de ação pelos os quais sou responsável e não a melhoria em si. Se os resultados desejados não vierem, não é minha culpa, já que eu fiz o que me comprometi a fazer.

A abordagem do sistema de lista, não aumenta a nossa capacidade de resolução das dificuldades e melhoria de uma maneira muito eficaz. Temos que desenvolver as capacidades do nosso pessoal em saber analisar os problemas e eliminar as causas e não os efeitos. Montar um Projeto Kaizen de melhoria continua.

Mais informações sobre o Projeto Kaizen de melhoria e manutenção dos processos entre em contato conosco.

S. A. Consultoria